O outro futebol brasileiro… ou o verdadeiro futebol do Brasil?

torcida do vila

As séries B, C e D do Campeonato Brasileiro desse ano reforçaram o que já faz algum tempo que se discute. Existe um grande futebol brasileiro escondido de grande parte do público interessado no esporte.

E para ir direto ao assunto basta consultarmos os públicos dos campeonatos nacionais desse ano (séries A, B e C). Logo na nona posição, em uma lista que inclui os clubes da série A, está lá o Ceará, com 15.773 torcedores de média por partida. A equipe cearense está hoje na zona de rebaixamento da série B mas tem tudo pra se livrar da C em 2016.

Seguindo a lista…

Em décimo, outro time da série B, o Bahia. Em décimo segundo, vem o Fortaleza, na sequência aparece o Santa Cruz que tem tudo pra garantir nesse final de semana a vaga na série A do ano que vem. Em décimo quarto um clube da série C, o Vila Nova, com 13.306 torcedores de média por jogo. A equipe goiana voltou para a série B e disputará o título com o Londrina, que por sua vez, está em vigésimo oitavo da lista.

Entre os trinta primeiros ainda tem o Paysandu, o Vitória, Sampaio Correia e o Botafogo da Paraíba, todos fora da Série A.

São 10 clubes entre os 30 primeiros em público que estão fora da série A. Se levarmos em conta também a Série D, entre os 30 primeiros ainda apareceriam Remo e Botafogo de Ribeirão Preto. E por falar em torcida do Remo, o vídeo abaixo fala por si.

Fora a cobertura da TV Brasil, a maioria desses clubes está fora das grades de TV. E com isso, não recebem os milhões que os clubes da série A recebem para disputar o Brasileirão. E ai montam times mais fracos, e seguem ficando longe da Série A, ou quando chegam, passam um ano e voltam para as divisões inferiores. Mas o patrimônio desses clubes não dá pra medir em cifras. Eles tem torcida, eles tem história. Eles contam a história do nosso futebol.

E se ampliarmos nossa lente, e pensarmos nos campeonatos regionais, vamos ver que não são poucos os clubes que aos poucos vão sendo sufocados e consequentemente fazendo com que nosso futebol revele cada vez menos talentos, que nossos garotos vistam cada vez mais camisetas de clubes europeus nas peladas de rua, e lá vem a lembrança do 7 a 1. Mas deixa isso de lado agora…

Fato é que o clube de uma cidade é muito mais do que só um clube de futebol. Ele representa a raiz do envolvimento entre os brasileiros e o futebol, esporte que os brasileiros adotaram como seu esporte predileto, esporte que foi transformado em sua forma de jogar por nosso povo.

Outro fato é que o formato atual de organização das divisões do Campeonato Brasileiro não dá conta de apresentar nem um pequeno pedaço do que nosso país continental produz pelos campos de norte a sul.

Pra terminar, um vídeo produzido recentemente com a tradicional música cantada pela torcida do XV de Piracicaba. É incrível! E só pra lembrar, o XV esse ano não jogou em nenhuma divisão nacional, nem na D. E ai eu penso quantos XV’s espalhados pelo país vão sumindo aos poucos e levando com eles parte importante da nossa cultura e do nosso futebol.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s